Bem Vindo a este Blog Católico Mariano e Pró-Vida!!!

Bem Vindo a este Blog Católico Mariano e Pró-Vida!!!







A Vida Humana Começa com a Concepção, por isso o aborto É Crime e como tal deve ser tratado!!!







Quem Ama Não Mata!!!







Salve Maria!!!































Coração Imaculado de Maria Livrai o Brasil da Maldição do Aborto!!!
































Catolicismo e Defesa da Vida Nascitura!!!

Catolicismo e Defesa da Vida Nascitura!!!
Nossa Senhora, Nascituro, Papas e Nosso Senhor JESUS CRISTO

Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Corte Impede Aborto e Esterilização de Mulher Esquizofrênica nos EUA!!!

Corte Impede Aborto e Esterilização de Mulher Esquizofrênica nos EUA!!!


    Caros Irmãos e Irmãs:-


   Ainda bem que esta Corte de Apelações é formada por juizes equilibrados!!! Imaginem matar uma criança inocente só por que a mãe é desequilibrada??? Essa juiza é mais desequilibrada do que a mulher esquizofrênica!!!


Corte impede aborto e esterilização de mulher esquizofrênica no EUA

WASHINGTON DC, 19 Jan. 12 / 08:34 am (ACI/EWTN Noticias)
A Corte de Apelações de Massachusetts reverteu a sentença de uma juíza de Norfolk que pretendia obrigar a uma mulher esquizofrênica a submeter-se a um aborto e um procedimento de esterilização para evitar futuras gravidezes.
A mulher grávida tem de 32 anos de idade, é mãe de um menino –que está aos cuidados dos pais dela-, declara-se católica e diz estar contra o aborto.
A sentença da Corte, que diz proteger a decisão pessoal da mulher, evitará que o bebê seja abortado.
Segundo os especialistas, a juíza Christina Harms de Norfolk foi além de seus limites. "É um caso que se destaca pelo amparo dos direitos dos doentes mentais'', disse Frank Smith, presidente da Associação de Advogados de Massachusetts.
A mulher, identificada nos registros da corte com o pseudônimo de Mary Moe, disse aos funcionários da corte que ela é "muito católica'' e jamais faria um aborto. Devido à sua enfermidade mental também negou que esteja grávida e não recorda que teve um aborto em sua primeira gravidez.
O caso chegou aos tribunais logo que em outubro a mulher tenha ido a um hospital porque se sentia mau. Os médicos descobriram que estava grávida e pediram que abortasse para administrar medicamentos que seriam de risco para a saúde do bebê.
O Departamento de Saúde Mental apresentou um pedido para que os pais da mulher sejam nomeados como tutores para que possam dar seu consentimento para um aborto.
Segundo os documentos da corte, entre seu primeiro aborto e o nascimento de seu filho, a mulher apresentou um "surto psicótico" e depois disto foi hospitalizada em numerosas ocasiões devido à sua enfermidade mental.

http://acidigital.com/noticia.php?id=23047

Pró-Vidas Ajudam a Fechar Clínica de Aborto que Funcionou Durante Quase 40 Anos!!!

Pró-Vidas Ajudam a Fechar Clínica de Aborto que Funcionou Durante Quase 40 Anos!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Ao conseguirem fechar legalmente uma clínica de abortos nos EUA, esses heróis Pró-Vida americanos, mostraram que o abortismo está em franca decadência nos EUA!!!

Pró-vidas ajudam a fechar clínica de aborto que funcionou durante quase 40 anos

WASHINGTON DC, 19 Jan. 12 / 06:17 am (ACI/EWTN Noticias)




Um grupo de ativistas pró-vida contribuíram ao fechamento definitivo de uma clínica de abortos em Rockford, estado de Illinois (Estados Unidos), que funcionou durante quase 40 anos sem cumprir  as normas dos códigos de saúde do estado.
Em declarações ao grupo ACI, o diretor executivo do grupo Pro Life Action League da cidade de Chicago, assinalou que o fechamento "é uma incrível vitória" para o ativismo pró-vida.
"Estamos emocionados" por esta decisão, disse Thomas Brejcha, presidente e chefe de conselheiros da Thomas Morre Society. "As condições dentro da clínica era abomináveis. Era um claro perigo para a saúde pública", acrescentou.
Brejcha contou também que o dono do Rockford’s Northern Illinois Women’s Center tinha colocado pôsteres e objetivos ofensivos "incluindo uma boneca de uma freira que tinha um piercing com forma de crucifixo e que tinha uma mensagem macabra", além de um Cristo com um gesto obsceno.
Em sua opinião, estas coisas "eram símbolos anti-católicos e anti-cristãos horríveis, muito ofensivos para acreditar que eram reais".
A clínica de abortos foi fechada temporalmente em setembro do ano passado por não satisfazer os mínimos requerimentos em suas três salas de operações. Logo depois de uma audiência no dia 5 de janeiro diante do departamento de saúde pública reabriu suas portas após pagar uma multa de 9.750 dólares.
Brejcha comentou ademais que "este é não é um caso isolado" e colocou como exemplo uma clínica de abortos na Filadélfia "com péssimas condições" que também foi fechada logo depois de uma investigação por homicídio".
Depois de assinalar que o ativismo pró-vida nos exteriores da clínica foi muito importante para obter o fechamento da clínica em Rockford, Brejcha alertou que "os padrões legais foram estabelecidos por baixo até mesmo do que se solicita às clínicas veterinárias. Isto é inaudito e tem que acabar".

http://www.acidigital.com/noticia.php?id=23045

Maconha Pode Elevar Risco de Ataque Cardíaco e Derrames!!!

Maconha Pode Elevar Risco de Ataque Cardíaco e Derrames!!!

     Caros Irmãos e Irmãs:-


   Este ano, quando assumir a Presidência do Supremo Tribunal Federal, o Ministro Carlos Ayres Britto irá levar a julgamento no STF, além da ADPF N.º 54 (aborto de anencéfalos), a liberalização da maconha!!! Vejam abaixo, os riscos para a saúde que a maconha provoca!!! Discordo dos pró-maconha, se o estudo foi feito com maconheiros que abusavam da maconha, isto não significa, que os que fumam pouca maconha, estejam livres dos problemas abaixo citados!!! Não seria o caso de se considerar a maconha como ameaça a saúde pública e aumentar ainda mais a repressão ao seu consumo, ao invés de liberá-la??? Hoje a maconha, amanhã o crack!!!

Maconha pode elevar risco de ataque cardíaco e derrames

Por Will Dunham

                                    
           Maconha ou


          Canabis Sativa

WASHINGTON (Reuters) - O consumo muito pesado de maconha pode elevar a concentração no sangue de uma determinada proteína, contribuindo potencialmente para a ocorrência de ataques do coração ou derrames, afirmaram na terça-feira pesquisadores ligados ao governo dos EUA.
Jean Lud Cadet, do Instituo Nacional de Uso de Drogas, um órgão dos Institutos Nacionais de Saúde, disse que a descoberta apontava para um outro exemplo dos males provocados pelo consumo da maconha no longo prazo.
No entanto, defensores da droga levantaram dúvidas sobre o resultado da pesquisa.
Segundo Cadet, grande parte dos estudos feitos até hoje concentraram-se nos efeitos da maconha dentro do cérebro. A equipe dele olhou outra parte do corpo, o sangue, medindo os níveis de concentração de proteínas em 18 usuários antigos e contumazes de maconha e em outras 24 pessoas que não utilizavam a droga.
Os níveis de concentração de uma proteína chamada apolipoproteína C-III revelaram-se 30 por cento maiores nos usuários de maconha do que no grupo de controle.
Essa proteína participa do metabolismo corporal dos triglicerídeos --um tipo de gordura encontrado no sangue-- e uma concentração maior dela eleva a concentração dos triglicerídeos, afirmou Cadet.
A presença dessa gordura pode contribuir para o endurecimento ou espessamento da parede das artérias, elevando as chances de ocorrerem derrames e ataques do coração, além de outros males coronários.
O estudo, que saiu publicado na revista Molecular Psychiatriy, não avaliou se os consumidores de maconha tiveram realmente problemas no coração.
"O uso crônico de maconha não é benigno", afirmou o cientista em entrevista concedida por telefone.
No entanto, um grupo norte-americano que defende a legalização e regulamentação da maconha contestou os resultados.
Bruce Mirken, porta-voz do Projeto Política da Maconha, afirmou que o estudo avaliou pessoas que consumiam quantidades altíssimas da droga.
"Acho que os que menos consumiam nesse grupo fumavam 78 baseados por semana. Isso dá uma média de dez ou 11 baseados por dia", disse Mirken, também em entrevista telefônica.
"Qualquer coisa que se faça de forma assim exagerada poderá ter efeitos adversos, seja maconha, álcool ou brócolis", acrescentou.

Fonte:- Reuters

http://www.pop.com.br/popnews/noticias/mundo/169613.html

Composto de Peixe Pode Se Tornar Cura para Leucemia!!!

Composto de Peixe Pode Se Tornar Cura para Leucemia!!!

Composto de peixe pode se tornar cura para leucemia!


Por Natasha Romanzoti em 26.12.2011 as 14:00

                                          Leucemia 1

                                                                    Leucemia 2
                                                   

              Molécula de delta-12 protaglandina-J3

Uma pesquisa recente descobriu um composto produzido a partir de óleo de peixe que parece alvejar células-tronco da leucemia, o que poderia levar a uma cura da doença.
O composto – delta-12 protaglandina-J3, ou D12-PGJ3 – atacou e matou as células-tronco da leucemia mielóide crônica em camundongos. Ele foi produzido a partir do ácido eicosapentaenóico, um ácido graxo Omega-3 encontrado nos peixes e no óleo de peixe.
“Pesquisa anteriores mostraram benefícios de saúde dos ácidos graxos sobre o sistema cardiovascular e o desenvolvimento do cérebro, particularmente em crianças, mas nós mostramos que alguns metabólitos do Omega-3 tem a habilidade de matar seletivamente as células da leucemia”, disse o cientista Sandeep Prabhu. “Os ratos se curaram completamente da leucemia, sem recaídas”.
Os pesquisadores disseram que o composto mata as células-tronco cancerígenas no baço e medula óssea dos ratos.
Especificamente, ele ativa um gene chamado p53 nas células-tronco da leucemia, que programam a morte da própria célula.
“P53 é um gene supressor de tumor que regula a resposta ao dano no DNA e mantém a estabilidade genômica”, disse Prabhu.
Matar as células-tronco da leucemia, o câncer das células brancas do sangue, é importante porque as células-tronco podem se dividir e produzir mais células cancerígenas.
A terapia atual para a doença apenas prolonga a vida do paciente, mantendo o número de células de leucemia baixo, mas as
drogas não conseguem curar completamente a doença, porque não têm como alvo as células-tronco da leucemia. Essas células-tronco podem se esconder do tratamento, e uma pequena população de células-tronco dá origem a mais células de leucemia.
Durante os experimentos, os pesquisadores injetaram em cada camundongo cerca de 600 nanogramas de D12-PGJ3 por dia durante uma semana.
Os testes mostraram que os camundongos ficaram completamente curados da doença. O hemograma saiu normal, e o baço voltou ao tamanho normal. A doença não voltou.
Atualmente, os pesquisadores estão trabalhando para determinar se o composto pode ser usado para tratar a fase terminal da doença, conhecida como crise blástica. Hoje, não há medicamentos disponíveis que podem tratar a doença quando ela avança para esta fase. Eles também estão com um pedido de patente para testar o composto em humanos.

http://hypescience.com/composto-de-peixe-pode-se-tornar-cura-para-leucemia/

Do original em inglês:-

http://www.sciencedaily.com/releases/2011/12/111222103112.htm

JMJ RIO 2013!!!

JMJ RIO 2013!!!

    Caros Irmãos e Irmãs:-

   Abaixo segue a explicação da deputada Myrian Rios sobre a Emenda Orçamentária para a infra-estrutura na área de turismo, visando a Jornada Mundial da Juventude de 2013!!!
   Vamos defender a JMJ contra os ataques da Rede Record!!!

JMJ RIO 2013

O que significa uma emenda orçamentária?
Anualmente o Governador envia à Assembléia Legislativa, os valores que pretende utilizar como receita e despesa no ano seguinte. O que seria isso? Em 2011 recebemos a Lei do Orçamento, já com o planejamento do Governo para executar em 2012. A partir de então, de posse desses valores, todos os 70 Deputados Estaduais (RJ) têm a prerrogariva, o direito, de apresentar EMENDAS, ou seja, mudar o texto da Lei do Orçamento ou mesmo indicar valores a serem acrescentados, visando diversos setores da economia do Estado.
Como ela é votada e quem aprova?
A ALERJ, Assembléia do Estado do Rio, ao receber o texto original do Orçamento, discute o mesmo em Plenário, abrindo um prazo de 5 dias para que os Deputados que quiserem, apresentem suas EMENDAS, ou seja, seus acréscimos. Após o recebimento das Emendas, que aliás são elaboradas pelos Deputados de forma muito oficial, são enviadas para a COMISSÃO DE ORÇAMENTO que examina cautelosamente todas as emendas apresentadas e emite parecer favorável (para aquelas que estão aptas a serem encaminhadas ao Governador), ou parecer contrário, as quais sequer passam para a etapa seguinte de votação.  Todo esse processo de apresentação de emendas, apreciação pela Comissão de Orçamento e votação para aprovação ou não das mesmas, ocorre na ALERJ e pela ALERJ, com a intensa participação dos Deputados. Somente depois, as emendas que forem aprovadas são publicadas no Diário Oficial e encaminhadas ao Governador.
Como o poder legislativo atua em grandes eventos como o caso da JMJ Rio2013?
O Poder Legislativo tem basicamente as atribuições de legislar e fiscalizar os atos do Executivo. Portanto, seu papel é imprescindível diante de eventos como a JMJ -RIO 2013. Basta mencionarmos o fato de que o Governador, em 05/10/11 instituiu através do Decreto nº 43.219, a COMISSÃO ESPECIAL ENCARREGADA DE COORDENAR E ORGANIZAR OS PREPARATIVOS DO EVENTO e, dentre as muitas autoridades enumeradas para compo-la (dentre vários Secretários de Governo das áreas de Saúde, Turismo, Educação, Transporte, Cultura e outras), ficou registrado que será convidado a integrar a Comissão Especial 01 (um) representante da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Através do decreto, podemos entender a preocupação de que todos os trabalhos sejam acompanhados de perto pelo nosso Legislativo.
E no caso da deputada como foi definida a proposta e o  texto para ser colocado em votação?
No meu caso, ao apresentar uma  Emenda que sugere investimentos financeiros para auxiliar a estruturação da JMJ, pensei e agi como Presidente da Comissão de Turismo, cargo que ocupo desde o início de meu Mandato na ALERJ, e através do qual, sinto-me na obrigação de fomentar atrativos turísticos para o Estado.   Apenas para exemplificar o que a JMJ significa para o Turismo, mais especificamente o Turismo da Cidade do Rio, podemos citar que a Jornada que aconteceu recentemente em Madri (2011), teve um lucro que, se convertido para a nossa moeda pode se aproximar de mais de R$ 1 Bilhão. Ou seja, injetaremos na economia carioca uma verba importantíssima, e que retornará em favor da Cidade e do Estado. Essa é a minha proposta. Temos uma grande oportunidade, e entendo que na condição de Presidente da Comissão de Turismo a Emenda foi corretamente apresentada.  Aguardo, confiante, que o Governador e sua equipe técnica (que direciona os recursos) acolha a minha proposta. Sou positiva e otimista. Pensei e continuo a pensar na importância  de milhares de jovens reunidos vindos de varias partes do mundo , todos lutando pelo mesmo ideal; os valores morais e familiares a  unidade entre os povos  e , no desenvolvimento do setor turístico. A JMJ RIO  2013  está inserida nos atrativos turísticos e não há qualquer razão para que recursos do setor não sejam nela inseridos.
Aproveito a oportunidade para esclarecer a dúvida que algumas pessoas podem ter a respeito do direcionamento da verba pública: se a mesma for contemplada, não será revertida em favor da Arquidiocese nem de qualquer outro movimento católico, mas sim diretamente para auxiliar os trabalhos da equipe técnica responsável pelos projetos e estrutura do evento.

http://blog.cancaonova.com/myrianrios/2011/12/27/jmj-rio-2013/

 

Seu Salário!!!

    Seu Salário!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Vamos repassar esta mensagem abaixo para todos os de nossas listas!!!

Carta à Sra. Presidente da República:-

A proposta é repassar esse e-mail à 110.000.000 de eleitores!!!

Duvido que as coisas não mude!!!!

Excelentíssima Srª. Presidente da República Federativa do Brasil.
Manifesto meu total apoio ao seu esforço de modernização do nosso país.
Como cidadão comum, não tenho muito mais a oferecer além do meu trabalho, mas já que o tema da moda é Reforma Tributária, percebi que posso definitivamente contribuir mais.
Vou explicar:-
Na atual legislação, pago na fonte 27,5% do meu salário...
Como pode ver, sou um brasileiro(a) afortunado(a). Sou obrigado(a) a concordar que é pouco dinheiro para o governo fazer tudo aquilo que promete ao cidadão em tempo de campanha eleitoral.
Mesmo juntando ao valor pago por dezenas de milhões de assalariados!
Minha sugestão é invertermos os percentuais:-
A partir do próximo mês autorizo o Governo a ficar com 72,5% do meu salário...
Portanto, eu receberia mensalmente apenas 27,5% do resultado do meu árduo trabalho mensal.
Funcionaria assim: Eu fico com 27,5% limpinhos, sem qualquer ônus...
O Governo fica com 72,5% e leva as contas de:
-Escola; -Convênio médico ; -Despesas com dentista;
-Remédios; -Materiais escolares ; -Condomínio; -Água;
-Luz ; -Telefone; -Energia; -Supermercado ; -Gasolina;
-Transporte Escolar ou Coletivo, como preferir -Vestuário;
-Lazer ; -Pedágios; -Cultura; -CPMF; -IPVA; -IPTU; -ISS;
-ICMS; -IPI; -PIS; -COFINS ; -Segurança;
-Previdência privada e outras taxas extras que por ventura sejam repentinamente criadas por qualquer dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.
Um abraço Srª. Presidente e muito boa sorte,do fundo do meu coração!!!

Ass.:- Um(a) trabalhador(a) que já não mais sabe o que fazer para conseguir sobreviver com dignidade.

• PS: Podemos até negociar o percentual !!!

Agora vejam só a farra do Congresso Nacional com o meu e o seu dinheiro:-

Salário:..........................................................R$ 26723,00;
Auxílio-moradia............................................R$ 3 mil;
Verba para despesas "comprovadas"...........R$ 7 mil;
Verba para assessores..................................R$ 3,8 mil;
Para 'trabalharem' no recesso.......................R$ 25,4 mil;
Verba de gabinete mensal.............................R$ 35 mil; e mais
Transporte: Passagens aéreas de ida e volta a Brasília/mês;
Direito a "contratar" 20 servidores para seu gabinete;
13º e 14º salários, no fim e no início de cada ano legislativo; e 90 dias
de férias anuais e folga remunerada de 30 dias.
ISSO PARA CADA UM DOS 512 DEPUTADOS sem contarmos os Senadores!!!!
Esse dinheiro sai dos cofres públicos, ou seja, do nosso bolso !!!
Mostre sua indignação e envie este texto a todos os seus amigos e conhecidos para que protestem junto aos deputados federais e senadores.
Não tenha SANTA PACIÊNCIA! ! ! !
PROTESTE VOCÊ!!!!!! OU VOCE É OU RECEBE ALGUM BENEFÍCIO DELES???


 

São Francisco de Sales!!!

 São Francisco de Sales!!!

          Caros Irmãos e Irmãs:-

   Hoje dia de São Francisco de Sales (24/01), segue abaixo um breve relato da vida dele e a oração dele:-


          São Francisco de Sales:-





   São Francisco de Sales (nascido François de Sales) nasceu no Castelo de Sales (castelo da sua família, os barões de Boisy), Thorens-Glières, (Sabóia – Suíça), em 21 de Agosto de 1567. Primogênito de treze irmãos, foi educado no Colégio de Clermont, dirigido pelos jesuítas, em Paris, estudou em Annecy e na Universidade de Pádua, na Itália, onde recebeu o doutoramento em Direito Canônico com 24 anos. Recusou uma brilhante carreira e resolveu estudar para ser sacerdote apesar da oposição da família. Foi ordenado padre em 1593, tornando-se reitor do Seminário de Genebra, Suíça. Após, foi para Chablais, cantão suíço na região da Sabóia, onde foi pároco, e onde trouxe 8.000 calvinistas de volta à Igreja. Ali escreveu diversos textos em defesa da fé, que foram publicados com o título "'Controvérsias e Defesa do Estandarde da Santa Cruz"
   Em 1599 São Francisco de Sales foi indicado como Bispo Coadjutor em Genebra, tendo sucedido como Bispo em 1602. Sua Diocese tornou-se conhecida pela organização e pela formação do seu clero e dos leigos. Isto era uma grande realização diante da Igreja da época. fundou várias escolas e estabilizou a Igreja na região.
   Era famoso diretor espiritual e pela sabedoria dos seus escritos. Ele e Santa Joana Francisca de Chantal, de quem foi diretor espiritual, criaram a Ordem da Visitação, uma Ordem religiosa contemplativa. Esta congregação religiosa era baseada na sua doutrina do amor. Foi também diretor espiritual de São Vicente de Paulo. Tornou-se uma figura líder da Reforma Católica também chamada de "Contra-reforma" e ficou famoso pela sua sabedoria e ensinamentos.
   Em 1609, seus escritos (cartas, pregações) foram reunidos e publicados com o título "'Introdução à vida devota" ou "Filotéia", que é a sua obra mais importante e editada até hoje. Outra obra que também é ainda editada é o "Tratado do Amor de Deus", fruto de sua oração e trabalho. Estes dois livros são considerados clássicos espirituais. Além destes livros, a coletânea de cartas, pregações e palestras alcança 50 volumes. A popularidade e o valor destes escritos fez com que fosse considerado padroeiro dos escritores católicos.
   Grande humanista de seu tempo, como Bispo de Genebra, Suíça, antecipou as decisões do Concílio Vaticano II, abrindo as vias espirituais da perfeição cristã a todos os estados de vida. Dizia São Francisco de Sales:- "Um bispo não deve nem pode viver como um cartuxo; os casados, como os capuchinhos; os artesãos, como os religiosos contemplativos, que passam metade do dia e metade da noite em oração. Seria uma piedade tola e ridícula. Cada um segundo a sua espécie. Deus deseja todos os frutos. A verdadeira piedade não destrói, mas enobrece e embeleza."
   Dócil ao ESPÍRITO SANTO deixou sempre que o Amor de DEUS penetrasse no mais íntimo de sua alma, a fim de que sua sensibilidade humana amorosa encontrasse um equilíbrio inalterável, face aos problemas religiosos e políticos de sua época.
   A oração e a bondade foram suas armas diante de suas lutas diplomáticas e das perseguições malogradas.
   Conta-se que São Francisco de Sales tinha um gênio terrível, que ele era de “pavio curto”, mas devido a sua vida de oração, ele se tornou um modelo de paciência, bondade e mansidão. Por isso ele é também padroeiro daqueles que lutam contra a impaciência, a irritação e o mau gênio!!!
   Faleceu em Lyon em 1622. Os seus restos mortais se encontram na Igreja da Visitação em Annecy.
   Foi beatificado no ano em que faleceu e foi a primeira beatificação a ser formalizada na Basílica de São Pedro. Foi canonizado em 1655 pelo Papa Alexandre VII e em 1867 foi declarado Doutor da Igreja pelo Papa Pio IX. Foi declarado em 1923, pelo Papa Pio XI, Patrono da imprensa católica e dos jornalistas. O seu dia é celebrado em 24 de Janeiro.
   Segundo o Santo Padre, o Papa Bento XVI, São Francisco de Sales procurou criar uma forma de piedade acessível aos não piedosos. Neste ponto teria antecipado em parte a espiritualidade de Teresa de Lisieux (Santa Terezinhz do Menino JESUS), a do "pequeno caminho", a de uma vida voltada para Cristo com simplicidade, sem buscar coisas grandes, com paciência e sem heroísmos.


          Oração São Francisco de Sales!!!



   Ó DEUS, que para a salvação dos homens, quisestes que São Francisco de Sales se fizesse tudo para todos; concedei que, a seu exemplo, manifestemos sempre a mansidão do Vosso Amor no serviço aos nossos irmãos. Por JESUS CRISTO Nosso Senhor e Vosso FILHO, DEUS na Vossa Unidade e do ESPÍRITO SANTO. Amém!!!


   Mais informações sobre São Francisco de Sales em:-

http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Sales

domingo, 22 de janeiro de 2012

Políticos Insistem em Aprovar o Aborto no Uruguai!!!

Políticos Insistem em Aprovar o Aborto no Uruguai!!!

     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Eu gostaria de fazer um apelo a cada um(a) de vocês:- Eu gostaria de saber se algum(a) de vocês conhece algum padre, bispo ou advogado Pró-Vida no Uruguai??? Se alguém conhecer, por favor, pergunte a esse seu amigo uruguaio, se o Uruguai é signatário do Tratado de Direitos Humanos de São José da Costa Rica??? Se o Uruguai for signatário deste tratado, então a causa da vida estará salva no Uruguai, pois este tratado, nos países signatários, tem valor infraconstitucional, isto é está abaixo da Constituição, mas tem valor superior às leis ordinárias, o que significa que se o projeto de lei de aborto for aprovado pela Câmara de Deputados do Uruguai, poderá ser anulado no Supremo Tribunal do Uruguai, qualquer jurista poderá confirmar-lhes o que lhe estou escrevendo!!!
   Por favor, procurem as autoridades eclesiásticas e jurídicas (Pró-Vida) do Uruguai, para tentar anular esta lei, caso o Uruguai seja signatário do Tratado de Direitos Humanos de São José da Costa Rica!!!   Desde já, muitíssimo obrigado!!!


Políticos insistem em aprovar o aborto no Uruguai




REDAÇÃO CENTRAL, 16 Jan. 12 / 09:08 am (ACI/EWTN Noticias)

Um dos principais líderes Pró-Vida do Uruguai denunciou que os promotores do aborto nesse país querem aprovar esta prática "do jeito que for", logo que no último 27 de dezembro os senadores deram a meia sanção ao projeto que em março será votado na câmara dos deputados.
Em comunicação telefônica com o grupo ACI no último 13 de janeiro, o Secretário Executivo da Pastoral para a Vida e a Família no Uruguai, Víctor Hugo Guerrero, assinalou que os senadores deveriam sair de férias no dia 15 de dezembro, mas já que "parece existir uma ordem de não se sabe exatamente quem para aprovar o aborto do jeito que for", foi convocada uma sessão extraordinária.
A sessão foi realizada no dia 27 de dezembro e durou 9 horas. Apenas um dos senadores do Frente Amplo, o partido de governo, saiu da câmara para não votar a favor do projeto –que despenaliza o aborto até a 12ª semana de gravidez– foi finalmente aprovado por 17 votos a favor e 15 contra.
Guerrero disse ademais que o Uruguai "não precisa, em absoluto, de uma lei que aprove o aborto", ao contrário é preciso "fazer que se respeite as leis que já existem" como aquela que sanciona os médicos que o praticam e os lugares onde são realizados.
Uruguai, disse o líder pró-vida, requer também que se aprovem projetos que respirem a maternidade, "que ajudem aos mães que têm que trabalhar para que seus filhos estejam resguardados" e às grávidas.
Guerrero explicou deste modo que este tipo de normas que os promotores do aborto querem aprovar não são convenientes para o país já que "é necessário ajudar o Uruguai profundo, que se alente a que haja mais população e melhores condições de vida para os cidadãos".
Víctor Hugo Guerrero expressou logo sua satisfação pelo apoio de todos e cada um dos bispos do Uruguai à causa da defesa da vida, expressa em várias ocasiões como na carta que enviaram ao senado no último 5 de dezembro.
Na missiva os prelados respaldaram a denúncia realizada por Guerrero e sua esposa Gabriela López no dia 29 de novembro no senado, sobre o fato que existem interesses internacionais para despenalizar o aborto no país.
A carta dos bispos do Uruguai expressa "a posição da totalidade dos Bispos que integramos a Conferência Episcopal do Uruguai (que está) em sintonia com o magistério da Igreja Católica em todo mundo", que defende a vida em todas suas fases, desde a concepção até a morte natural, e rechaça o aborto.
O aborto provocado é a eliminação ou assassinato de um ser humano dentro do ventre da mãe. A doutrina católica e a lei natural coincidem em que nunca tem justificação pois ninguém tem direito a decidir sobre a vida de outra pessoa, menos a dos mais débeis e inocentes; os não nascidos.


http://acidigital.com/noticia.php?id=23023

Médicos Sem Fronteiras Realizam Abortos Em Países Onde Este É Ilegal!!!

Médicos Sem Fronteiras Realizam Abortos Em Países Onde Este É Ilegal!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Médicos Sem Fronteiras uma “ova”!!! Aborteiros Sem Fronteiras é o que eles são!!!


Médicos sem Fronteiras realizam abortos em países onde este é ilegal

MADRI, 17 Jan. 12 / 04:01 pm (ACI/EWTN Noticias)

A organização internacional Médicos sem Fronteiras (MSF) admitiu que realiza abortos em países onde esta prática é ilegal, além de contar com um "completo plano" de saúde sexual e reprodutiva.
Conforme informa o jornal espanhol La Gaceta, a MSF desenvolve estas práticas em "contextos humanitários" que incluem a assistência para "prevenir mortes, enfermidades e deficiências relacionadas com gravidezes não desejadas", tal qual afirma site oficial da entidade.
MSF afirma além que os abortos constituem uma área na qual procuram melhorar a "resposta médica para que sejam seguros".
O jornal espanhol revelou o conteúdo de um correio eletrônico no qual a MSF responde a uma usuária que mostra sua estranheza ao fato de que esta organização realize abortos.
O correio assinala que "as atividades em saúde reprodutiva do MSF têm como objetivo evitar os abortos mediante medidas preventivas e proteger a integridade e a saúde da mãe" e "nos casos em que esta prevenção não é possível, e sempre dentro dos supostos legais, forma-se as equipes médicas para a realização de abortos seguros segundo as recomendações da OMS".
Deste modo indicam que os abortos são feitos inclusive "em alguns países apesar de serem ilegais", justificando que nestes casos "MSF prioriza a vida da mãe", e acrescenta como argumento fundamental que "as considerações médicas têm que estar por cima das legais".  
 “Ali onde são impostas restrições legais ao aborto, embora MSF acate a legislação nacional a respeito, a organização nunca discutirá o direito a praticar um aborto terapêutico se uma avaliação médica determinar que a vida e a saúde da mulher estão em perigo", afirmam.
A MSF tem além disso um protocolo interno para realizar os abortos aonde esta prática é um delito. Segundo denuncia a Fundação Vida, um relatório interno do Centro Operação Barcelona-Atenas (OCBA) do MSF detalha como devem realizar um aborto os médicos para evitar problemas com a justiça.
Entre as recomendações se alude à participação de "uma equipe estrangeira", "sem a assistência do pessoal nacional, se for possível", e se reitera a importância de escolher "um lugar confidencial" para praticar a intervenção.
La Gaceta denunciou também que a MSF facilitou material cirúrgico na Coréia do Norte sabendo que se empregaria para fazer abortos, admitindo que "o 50% dos pacientes hospitalizados por motivos ginecológicos são por abortos".
No ano 2007 o Presidente da Federação Internacional de Associações de Médicos Católicos, José María Simón, já tinha denunciado a existência deste protocolo no que se instrui sobre os procedimentos para o aborto.
Naquela oportunidade, o médico disse que a MSF "não só insiste a seus facultativos a delinqüir, mas também lhes dá idéias sobre o modo em que podem fazê-lo impunemente", já que, caso estas práticas sejam descobertas pelas autoridades do país, é mais fácil escapar da Justiça quando o aborto é praticado por pessoal estrangeiro.

http://acidigital.com/noticia.php?id=23035

A Defesa da Vida É o Novo Nome da Paz!!!

A Defesa da Vida É o Novo Nome da Paz!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-

   A nova Constituição da Hungria é uma das mais Católicas, se não for a mais católica, do mundo!!! É uma Constituição 100% Pró-Vida, defendendo e garantindo a Vida desde a Concepção!!!
   Abaixo do artigo do Zenit há um comentário do meu amigo Wagner Moura!!!


A DEFESA DA VIDA É O NOVO NOME DA PAZ

Na Hungria, manifestações para exigir o direito à vida desde a sua concepção.

ROMA, Terça-Feira, 10 de janeiro de 2012 (ZENIT.org): - Dia 28 de dezembro de 2011, festa dos Santos Mártires Inocentes, mais de 1.000 defensores da vida humana - incluindo uma criança de um ano que sobreviveu ao aborto se reuniram para exigir o direito à vida desde a sua concepção.
***
Além da criança de um ano, que sobreviveu ao aborto, estavam presentes na manifestação, o cirurgião András Csókay; o monsenhor Andreas Laun, bispo de Salzburg (Áustria); o monsenhor Ioan Chisarau, bispo grego-católico de Temesvár (Romênia), juntamente com delegações dos movimentos Pró-Vida da Eslováquia, Ucrânia, Polônia, Grã-Bretanha e Suécia se reuniram em frente à sede do Presidente Húngaro, para expressar o seu apoio à vida que nasce.
Em nome destes, Imre Téglásy, fundador e presidente da Alfa, um movimento pela vida magiar, em consonância com a declaração da nova Constituição Húngara, que entrou em vigor em 01 de janeiro de 2012, pediu uma moratória sobre o aborto e a defesa de todos os meninos e meninas concebidos.
A carta entregue ao Presidente da República Húngara e a sua esposa, começa e termina com uma exortação: “Paz ao mundo! Paz para nós mesmos – paz às crianças concebidas! Paz no ventre!”.
Em referência ao artigo 25 da Nova Constituição que afirma: “A dignidade humana é inviolável. Todo ser humano tem o direito à vida e à dignidade humana, a vida do concebido deve ser protegida desde a sua concepção.”.
Em seguida, a carta dizia que é possível “cobrir o passado em paz, dando à luz a um, futuro de vida”, e continua explicando que a lei da natureza “encoraja a todos à reprodução e à defesa da vida que nasce.”.
A lei básica que rege a vida civil é a do amor, do cuidado para com os outros seres humanos. A este respeito, recorda a prole de Antígona, que diz: - “Estão na terra para amar e não para odiar.”.
E é sobre esta lei, que se fundamenta o juramento de Hipócrates, que diz:- “A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo, não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva”.
Com referência ao juramento de Hipócrates, os manifestantes pró-vida
pedem para que sejam proclamadas várias jornadas, em que não será praticada a interrupção voluntária da gravidez.
E elogiando a nova Constituição Húngara, que defende a vida, os manifestantes concluíram solicitando ao presidente e a sua esposa de estender a política em favor dos nascituros a toda a Europa, a fim de criar uma nova renascença.

ZP12011006 - 10-01-2012

Permalink:-  http://www.zenit.org/article-29457?l=portuguese

Português

“A defesa da vida é o novo nome da Paz”

by Wagner Moura 

Tão bonito o título que Zenit deu para a manifestação que reuniu 1.000 defensores da vida humana, na Hungria! No dia 28 de dezembro, festa dos Santos Mártires Inocentes, eles entregaram uma carta ao Presidente da República Húngara e a sua esposa, começando e terminando com a exortação: “Paz ao mundo! Paz para nós mesmos – paz às crianças concebidas! Paz no ventre!”
A nova Constituição Húngara defende a vida. Afirma o artigo 25 dela: “A dignidade humana é inviolável. Todo ser humano tem o direito à vida e à dignidade humana, a vida do concebido deve ser protegida desde a sua concepção.”
Os manifestantes solicitaram ao presidente e a sua esposa estender a política em favor dos nascituros a toda a Europa, a fim de criar uma nova renascença.
Creio que isso é perfeitamente possível e, mais dia, menos dia, acontecerá. Espero poder ver isso!

http://diasimdiatambem.com/2012/01/11/a-defesa-da-vida-e-o-novo-nome-da-paz/

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

[Fwd: Alexandre Luiz Antonio da Luz has sent you a video]


The following video link was sent to you by: Alexandre Luiz Antonio da Luz

Conexão Conservadora: Paes de Lira fala sobre apologia a pedofilia e homofobia [2/5] - YouTube
Alexandre Luiz Antonio da Luz says:
alal006@pop.com.br is sharing this video using RealPlayer®. To download Internet videos yourself, get your own copy of the FREE RealPlayer here.

Privacy Policy
Your email address was only used to deliver this message and for no other purpose.

© 2011 RealNetworks, Inc. RealPlayer is a registered trademark of RealNetworks, Inc.

The following video link was sent to you by: *Alexandre Luiz Antonio da Luz*

Conexão Conservadora: Paes de Lira fala sobre apologia a pedofilia e homofobia [2/5] - YouTube
http://www.youtube.com/watch?v=EX7rWJQWLUM&list=PL177F5C61F438B3CC&context=C3918b1dADOEgsToPDskJ8FvKAiPZbrmllWEa6p8J6

To download
Internet videos yourself, get your own copy of the FREE RealPlayer here
http://realplayer.com.

Privacy Policy
http://www.realnetworks.com/company/privacy/index.html

Your email address was only used to deliver this message and for no
other purpose.

Copyright 2010 RealNetworks, Inc. RealPlayer is a registered
trademark of RealNetworks, Inc.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

O Pecado Tem Direitos???

    O Pecado Tem Direitos???

     Caros Irmãos e Irmãs:-


   É muito bom saber que não houve nenhum acordo entrea CNBB e a Marta Suplicy!!! Eu creio que a CNBB, embora não tenha se declarado, também repudie o PLC 122/2006!!! Contudo, o mais incrível, foi ver o Senador Magno Malta (ES), que é evangélico, defendendo a Igreja Católica na sessão do Senado que iria votar o PLC 122/2006, mas Graças a DEUS não foi votado!!!

O pecado tem direitos?


(o PLC 122/2006 pretende dar direitos ao pecado do homossexualismo)

No dia 06/12/2011, o jornal O Globo publicou “CNBB e Marta fazem acordo sobre projeto que criminaliza homofobia” [1]. A notícia causou perplexidade na comunidade católica. Como poderia uma Conferência Episcopal fazer algum acordo sobre um projeto que pretende exaltar o homossexualismo e punir como criminosos os que se opõem a ele? Rapidamente a CNBB publicou uma nota oficial desmentindo o suposto “acordo”. Eis o seu inteiro teor:-

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Brasília, 07 de dezembro de 2011.

 A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por fidelidade a Cristo e à Igreja, no firme propósito de ser instrumento da verdade, vem esclarecer que, atendendo à solicitação da senadora Marta Suplicy, a recebeu em audiência, no dia 1º de dezembro de 2011, e ouviu sua apresentação sobre o texto substitutivo para o PL 122/2006.
A presidência da CNBB não fez acordo com a senadora, conforme noticiou parte da imprensa. Na ocasião, fez observações, deu sugestões e se comprometeu com a senadora a continuar acompanhando o desenrolar da discussão sobre o projeto. Reiterou, ainda, a posição da Igreja de combater todo tipo de discriminação e manifestou, por fim, sua fraterna e permanente disposição para o diálogo e colaboração em tudo o que diz respeito ao bem da pessoa humana.
Cardeal Raymundo Damasceno Assis
Arcebispo de Aparecida
Presidente da CNBB  [2]

A nota gerou alívio e apreensão. Alívio por esclarecer que não houve acordo. Apreensão porque a CNBB não disse que repudiava o projeto. Ao contrário, segundo a nota, a CNBB recebeu a senadora, “fez recomendações” e “deu sugestões”, dando a entender que o projeto em si poderia ser aproveitado com emendas. Por fim, afirmou que a Igreja está disposta a “combater todo tipo de discriminação”, sem distinguir a discriminação justa da injusta.
Parece, portanto, haver um perigo real de o projeto anti-“homofobia” ser aprovado com a complacência ou ao menos com a tolerância de nosso episcopado. 
___________________________________

Existem discriminações justas

A nota de esclarecimento da presidência da CNBB diz que a Igreja combate “todo tipo de discriminação”. Supõe, portanto, que uma “discriminação” seja sempre injusta. Mas, objetivamente, não é assim. Na verdade, existem discriminações justas e até mesmo necessárias. A discriminação é, de fato, uma das práticas mais normais da vida social. Todos nós a praticamos dia a dia. Ao aplicar uma prova, o professor discrimina os alunos que tiraram notas altas daqueles que tiraram notas baixas. Aqueles são aprovados. Estes são reprovados. Ao escolher o futuro cônjuge, as pessoas geralmente fazem uma discriminação rigorosa, baseadas em diversos critérios: qualidades morais, inteligência, aparência física, timbre de voz, formação religiosa etc. Entre centenas ou milhares de candidatos, somente um é escolhido. Os outros são discriminados. Ao selecionar seus empregados, as empresas fazem uma série de exigências, que podem incluir: sexo, escolaridade, experiência profissional, conhecimentos específicos, capacidade de relacionar-se com o público etc. Certos concursos para policiais ou bombeiros exigem, entre outras coisas, que os candidatos tenham uma determinada altura mínima, que não ultrapassem uma certa idade e que gozem de boa saúde. Todos esses são exemplos de discriminações justas e necessárias.
Outros poderiam ser dados. O ladrão que é apanhado em flagrante é preso. A ele, como punição pelo furto ou roubo, é negada a liberdade de locomoção, que é concedida aos demais cidadãos. A prisão é um lugar onde, por algum tempo, são discriminados (com justiça) aqueles que praticaram atos dignos de discriminação.
_____________________________________

Existem discriminações injusta

Se é justo privar da liberdade um criminoso (que perdeu o direito a ela pela prática de seu crime), não é justo negar a liberdade a alguém em virtude de sua cor. A escravidão dos negros, abolida no Brasil em 1888, é um exemplo de discriminação injusta. Também não é justo privar uma criança do direito à vida por causa de uma doença incurável, como querem os defensores do aborto eugênico. Um bebê deficiente tem o mesmo direito de nascer que um bebê sadio. Lamentavelmente, a senadora Marta Suplicy (PT/SP), quando era deputada federal, em 1996, foi autora de um projeto de lei (o PL 1956/96) que pretendia legalizar tal discriminação injusta.
Não é justo que a Igreja prive alguém da Santa Missa ou dos sacramentos por causa de sua pobreza ou condição social. Mas é justo (e necessário) que aqueles que estão em pecado grave abstenham-se da Comunhão Eucarística, sob pena de cometerem um sacrilégio.
Por isso, o Catecismo da Igreja Católica teve o cuidado de distinguir: “evitar-se-á para com eles [os homossexuais] todo sinal de discriminação injusta” (n.º 2358). O texto supõe, portanto, que a Igreja admite discriminações justas para com os homossexuais. E de fato admite. Uma delas é a proibição de receberem a Sagrada Comunhão, enquanto não abandonarem seu pecado (o que vale também para qualquer outro pecado grave). Outra é a impossibilidade de serem admitidos em seminários e casas religiosas.
____________________________________

 Os homossexuais têm direitos?

Na sua primeira carta aos coríntios, São Paulo enumera alguns dos que não herdarão o Reino de Deus: “Não vos iludais! Nem os impudicos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os depravados, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os injuriosos herdarão o Reino de Deus” (1Cor 6,9-10). Nesta passagem o Apóstolo usa duas palavras para designar os homossexuais: malakói (efeminados) e arsenokóitai (sodomitas).
Será que nenhum dos que foram enumerados acima têm direitos? Certamente que têm. O empregado que trabalhou para mim durante um mês tem direito a receber seu salário, mesmo que lamentavelmente se tenha embriagado. O ladrão que furtou meu dinheiro conserva seu direito à vida (e por isso eu não posso matá-lo).
Mas o ladrão não tem direito à vida como ladrão, e sim como pessoa. Da mesma forma, o bêbado não tem direito ao salário como bêbado, e sim como pessoa que trabalhou.
Assim, se o homossexual tem algum direito – e o tem de fato –, não o tem como homossexual, mas como pessoa. E assim como não faz sentido elaborar uma Carta dos Direitos dos Ladrões ou uma Declaração dos Direitos dos Bêbados, é absurdo uma lei que defenda os “Direitos dos Homossexuais”.
Sendo um pecado (e um pecado contra a natureza!), o homossexualismo não acrescenta direitos à pessoa. Ao contrário, priva-a de direitos, a começar pelo direito ao Reino de Deus.
___________________________________

O que pretende o PLC 122/2006?

Os defensores dos supostos direitos dos homossexuais apregoam que estes são continuamente vítimas de violência. Segundo os homossexualistas, haveria até mesmo “esquadrões da morte” para exterminar homossexuais.
Ora, os que investem contra a família não têm compromisso com a verdade. Vamos, porém, apenas por hipótese, supor que haja muitos homicídios contra pederastas e lésbicas. Esse crime já está enquadrado no artigo 121 do Código Penal: “matar alguém”. Pena: “reclusão, de seis a vinte anos”. Note-se que o homossexual não pode ser morto porque ele é alguém, ou seja, uma pessoa humana, não porque ele é praticante do homossexualismo.
Imaginemos agora que um homossexual seja assassinado por um suposto “esquadrão da morte”. Esse delito está previsto na Lei 8072/80, que considera crime hediondo “o homicídio (art. 121), quando praticado em atividade típica de grupo de extermínio” (art. 1º, I).
Que pretende então a senadora Marta Suplicy, relatora do PLC 122/2006? Que nos casos acima, o autor do crime receba um aumento de pena pelo fato de a vítima ser homossexual. Ora, isso é um absurdo! Significa acrescentar direitos a alguém pelo fato de este alguém ter cometido um pecado. Esta é a essência do projeto anti-“homofobia”: dar direitos ao pecado.
Por ser essencialmente mau, o PLC 122/2006 não pode ser “emendado”. Não adianta, como tentou fazer a senadora, acrescentar um artigo tolerando a “manifestação pacífica de pensamento” contra o homossexualismo.
É verdade que se o PLC 122/2006 for aprovado, ocorrerá no Brasil o que já está ocorrendo em outros países que fizeram leis semelhantes: uma perseguição aos cristãos e a instauração da tirania homossexual.
Mas ainda que, por hipótese, esses nefastos efeitos não ocorressem, o projeto seria inaceitável. O motivo é simples: a pessoa não tem direitos especiais pelo fato de cometer uma determinada falta moral. É isso que se espera que os Bispos expliquem aos fiéis.

Anápolis, 9 de Janeiro de 2012.

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz

Presidente do Pró-Vida de Anápolis

http://www.providaanapolis.org.br/pecadire.htm
_________________________________

 [1] http://oglobo.globo.com/pais/cnbb-marta-fazem-acordo-sobre-projeto-que-criminaliza-homofobia-3395127

 [2] http://www.cnbb.org.br/site/imprensa/noticias/8262-nota-de-esclarecimento-sobre-projeto-de-criminalizacao-da-homofobia


Maçom Se Converte ao Conhecer Pe. Pio!!!

     Maçom Se Converte ao Conhecer Pe. Pio!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-

   A história, abaixo narrada, mostra que a pesar do seu temperamento forte e as vezes rude, São Pio de Pietrelcina, o Pe. Pio, já era um santo em vida!!!

Maçom se converte ao conhecer Pe. Pio

11:46  Pe. Mateus Maria




Tradução: Carlos Wolkartt

O confessionário foi o lugar habitual dos sucessivos milagres realizados por Padre Pio. O frade chegava a passar mais de quinze horas por dia confessando, e assim provocava verdadeiras transformações interiores. Uma das conversões espetaculares foi a do famoso advogado genovês Cesare Festa, grão-dignitário da maçonaria italiana e primo do doutor Giorgio Festa. Este havia comentado em seu informe médico:
“Depois de vários exames e ao ver a evolução ao longo do tempo das feridas de Padre Pio, não há outra explicação senão a de que nos encontramos ante um caso sobrenatural”.
Com seu primo Cesare, ateu e anticlerical, mantinha uma discussão interminável, até que um dia, finalmente, disse:
– Cesare, anda, vá a São Giovanni Rotondo e lá farás verificações que acabarão com todas as tuas objeções. Depois disso, vamos continuar falando.
Cesare decidiu ir, com o propósito de desmascarar e denunciar o que acreditava com convicção ser uma fraude.
Padre Pio não lhe conhecia nem sabia de sua existência. Quando o viu entrando na sacristia junto a outros peregrinos, agarrou-lhe bruscamente:
– Quem é este entre nós? Um maçom.
– Pois sim, estás certo, eu sou.
– Que papel desempenhas na maçonaria?
– Lutar contra a Igreja.
Padre Pio, sem nada mais dizer, apontou-lhe o confessionário, e ante a estupefação de todos os presentes, o advogado maçom se ajoelhou, abriu seu coração, e com a ajuda do padre capuchinho examinou toda a sua vida passada. Quando se levantou, era outro homem; havia paz em seu coração! Permaneceu três dias no convento até retornar a Gênova. Sua conversão foi noticiada na primeira página dos jornais. Cesare Festa foi a Lourdes e voltou a São Giovanni Rotondo para receber das mãos de Padre Pio o escapulário da Ordem Terceira Franciscana.
Em pouquíssimos meses: de maçom a franciscano. Foi recebido pelo Papa Bento XV, quem lhe confiou esta missão:
– Tenho grande estima ao Padre Pio, apesar de alguns informes desfavoráveis que me foram enviados. É um homem de Deus. Compromete-se a dar-lo a conhecer, porque não é apreciado por todos como ele merece.
A Grande Loja italiana se reuniu para expulsar o advogado renegado. Cesare Festa decidiu assistir e dar a conhecer seu testemunho. No mesmo dia recebeu uma carta animadora de Padre Pio:
“Não te envergonhes de Cristo e de Sua doutrina; é momento de lutar corajosamente. O Espírito Santo te dará a fortaleza necessária”.
São Padre Pio, rogai por nós!

Fonte: Christi Fidei

http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com/2012/01/macon-se-converte-ao-conhecer-pe-pio.html

Maçom ou Católico???

     Maçom ou Católico???

     Caros Irmãos e Irmãs:-


   Maçom não pode participar na vida da Igreja e nem católico pode freqüentar a maçonaria!!!

Maçom ou Católico?

11:59  Pe. Mateus Maria




O que diz a Igreja Católica?

O que diz a Maçonaria?

Deixemos que as partes envolvidas, a Igreja Católica e a própria Maçonaria, respondam estas indagações.
D. João Evangelista Martins Terra, bispo auxiliar da Arquidiocese de Brasília, escreveu um livro que aborda justamente este assunto: "Maçonaria e Igreja Católica", que é uma pesquisa histórica sobre a maçonaria, sua expansão e situação no mundo de hoje, especialmente no Brasil. Faz uma análise dessa organização e apresenta a posição da Igreja Católica pós-conciliar.
Usaremos este livro para mostrar a posição da Igreja Católica para com a maçonaria e como ela orienta a seus fiéis e clérigos.
O CÓDIGO DE DIREITO CANÔNICO (Obra citada, pág. 70 a 72)
 “O Código de Direito Canônico de 27-5-1917 contém os seguintes cânones relativos à maçonaria":-

Cân. 684:- "Os fiéis fugirão das associações secretas, condenadas, sediciosas, suspeitas ou que procuram subtrair-se à legítima vigilância da Igreja".

Cân. 2333:- "Os que dão seu próprio nome à seita maçônica ou a outras associações do mesmo gênero, que maquinam contra a Igreja ou contra os legítimos poderes civis, incorrem ipso facto na excomunhão simpliciter reservata à Sé Apostólica".

Cân. 2336:- "Os clérigos que cometeram o delito de que tratam os cânones 2334 e 2335 devem ser punidos, não somente com as penas estabelecidas nos cânones citados, mas também com a suspensão ou privação do mesmo benefício, ofício, dignidade, pensão ou encargo que possam ter na Igreja; os religiosos, pois com a privação do ofício e da voz ativa e passiva e com outras penas de acordo com suas constituições. Os clérigos e os religiosos que dão o nome à seita maçônica ou a outras associações semelhantes devem, além disso, ser denunciados à Sagrada Congregação do Santo Ofício".

Cân. 1399, nº. 8 - são ipso facto proibidos:- "Os livros que, tratando das seitas maçônicas ou de outras associações análogas, pretendem provar que, longe de serem perniciosas, elas são úteis à Igreja e à sociedade civil".

Ver ainda os cânones:- 693; 1065; § 1 e § 2, 1240; 1241.

 “Desses cânones do Código de 1917 resulta claramente que:-

Todo aquele que se inicia na maçonaria, incorre, só por este fato, na pena de excomunhão (cân. 2335).
Por ter incorrido na excomunhão, todo maçom:- a) deve ser afastado dos sacramentos (confirmação, confissão, comunhão, unção dos enfermos), ainda que os peça de boa fé (cân. 2138, § 1); b) perde o direito de assistir aos ofícios divinos, como sejam: A Santa Missa, a recitação pública do Ofício Divino, procissões litúrgicas, cerimônias da bênção dos ramos etc. (cf. cân. 2259, § 1; 2256, n. 1); c) é excluído dos atos eclesiásticos legítimos (cân. 2263), pelo que não pode ser padrinho de batismo (cân. 765, n. 2) nem de crisma (cân. 795, n. 1); d) não tem parte nas indulgências, sufrágios e orações públicas da Igreja (cân. 2262, § 1).
O maçom não pode ser admitido validamente nas associações ou irmandades religiosas (cân. 693).
Os fiéis devem ser vivamente desaconselhados de contrair matrimônio com maçons (cân. 1065, § 2).
Só após prévia consulta do bispo e garantida a educação católica dos filhos, pode o pároco assistir ao casamento com um maçom (cân. 1065, § 2).
O maçom falecido, sem sinal de arrependimento, deve ser privado da sepultura eclesiástica (cân. 1240).
Deve-se negar aos maçons qualquer missa exequial, assim como quaisquer ofícios fúnebres públicos (cân. 1241).
O Santo Ofício declarou, no dia 20 de abril de 1949, numa resposta ao bispo de Trento, que nada tinha mudado na disciplina do Código de Direito Canônico a respeito da maçonaria".
Façamos então uma nova pergunta:- A situação hoje ainda é a mesma? Ou houve alguma mudança?
Em 27 de novembro de 1983, entrou em vigor um novo Código de Direito Canônico:- "O Novo Código apresenta um cânon relativo à maçonaria":-

Cân. 1374:- "Quem se inscrever em alguma associação que maquina contra a Igreja seja punido com justa pena; e quem promover ou dirige uma dessas associações, seja punido com interdito". (Obra citada, pág. 99).
No mesmo dia em que entrava em vigor o novo Código de Direito Canônico, L´Osservatore Romano publicava esta Declaração da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, sobre a maçonaria:
 “Foi perguntado se mudou o parecer da Igreja a respeito da maçonaria pelo fato de que, no novo Código de Direito Canônico, ela não vem expressamente mencionada como no Código anterior. Esta Sagrada Congregação quer responder que tal circunstância é devida a um critério relacional, seguido também quanto às outras associações igualmente não mencionadas, uma vez que estão compreendidas em categoria mais amplas. Permanece, entretanto, imutável o parecer negativo da Igreja a respeito das associações maçônicas, pois os seus princípios foram sempre considerados inconciliáveis com a doutrina da Igreja, e por isso permanece proibida a inscrição nelas. Os fiéis que pertencem às associações maçônicas estão em estado de pecado grave, e não podem aproximar-se da Sagrada Comunhão. Não compete às autoridades eclesiásticas locais pronunciarem-se sobre a natureza das associações maçônicas, com juízo que implique derrogação de quanto foi acima estabelecido, e isto segundo a mente da Declaração desta Sagrada Congregação, de 17 de fevereiro de 1981 (cf. AAS 73, 1981, pp. 240-241). O Sumo Pontífice João Paulo II, durante a Audiência concedida ao subscrito Cardeal Prefeito, aprovou a presente Declaração, decidida na reunião ordinária desta Sagrada Congregação, e ordenou a sua publicação. Roma, da Sede da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, 26 de novembro de 1983". (Obra citada, pág. 100 e 101).
E o que diz a maçonaria? Vejamos:-

CATÓLICO E MAÇOM?

C. W. Leadbeater, conhecido escritor maçônico, sustenta que "seria um empreendimento colossal escrever uma história da Maçonaria, pois seriam necessários conhecimentos enciclopédicos e muitos anos de pesquisas".
Por seu lado, Marius Lepage, em seu livro História e Doutrina Franco-Maçonaria, após perguntar "quem poderia escrever uma história da Ordem em algumas semanas?", responde que "seriam necessários anos de trabalho".
Dom Ivo Lorscheiter, Bispo responsável pelo Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, escreve e assina: "O estudo da Maçonaria é, sem dúvida, difícil e complexo. Sua história, suas concepções profundas, suas atitudes concretas, as sucessivas severas manifestações do Magistério da Igreja Católica, o espírito de diálogo hoje reinante - tudo parece conduzir a esta pergunta fundamental e de largas conseqüências: Afinal, a Maçonaria e a Doutrina Católica são conciliáveis entre si?".
Todavia, todas as dificuldades apontadas e conhecidas não impediram que a Maçonaria fosse agredida, injuriada, caluniada e condenada por muitos, mas principalmente pela Igreja Católica Apostólica Romana. Vários Papas, que são os bispos da Diocese de Roma, chefes e reis do Estado Pontifício com sede no Vaticano, têm condenado a Maçonaria, e eles foram:-

Clemente XII - Bula "In eminenti" -1738.
Bento XIV - Bula "Provida Romanorum Pontificum" - 1751.
Pio VII - Bula "Ecelesian a Jesus Christo" - l800
Leão XII - Bula "Onde .Graviora" - 1823.
Pio VIII - Encíclica de 20/3/1829.
Pio IX - Encíclica "Omi Pluribus" = 1864 - Alocução de 20/4/1864 - Encíclica Nascita et Nobiscum - 1894 - Constituição Apostólica "SEDIS" - 1869
Leão XIII - Encíclicas de 1872, 1878, 1884 e 1892.

Não vamos comentar todas as Bulas e Encíclicas. Vamos apontar as duas realmente importantes para o nosso trabalho:-

Clemente XII:- a primeira condenação da Maçonaria. Notem que haviam decorridos apenas 21 anos da constituição da Grande Loja de Londres (24/6/1717), e portanto a Ordem era pouco conhecida do Vaticano. Alguns escritores afirmam que "o motivo da condenação não era religioso, mas de ordem política".
Entretanto, o Padre Ferrer Benimeli, conhecido maçonólogo, garante que "esta hipótese é totalmente insustentável do ponto de vista histórico, à luz da documentação vaticana da época".
O Padre Jesus Hortal, é teólogo e canonista, muito ligado aos temas de ecumenismo e diálogo interreligioso; nos esclarece que o documento de Clemente XII é algo obscuro na sua redação, mas que o resumo dele feito na Bula "Providas Romanorum Portificum" promulgada pelo Papa Bento XIV aos 18 de maio de 1751 oferece uma melhor compreensão, pois ali estão enumeradas seis razões para a condenação:

 “a primeira é que, nas tais sociedades e assembléias secretas, estão filiados indistintamente homens de todos os credos; daí ser evidente a resultante de um grande perigo para a pureza da religião católica;
“ a segunda é a obrigação estrita do segredo indevassável, pelo qual se oculta tudo que se passa nas assembléias secretas;
 “a terceira é o juramento pelo qual se comprometem a guardar inviolável segredo, como se fosse permitido a qualquer um apoiar-se numa promessa ou juramento com o fato de furtar-se a prestar declarações ao legitimo poder... ;
“ a quarta é que tais sociedades são reconhecidamente contrárias às sanções civis e canônicas ...;
 “a quinta é que em muitos países as ditas sociedades e agremiações foram proscritas e eliminadas por leis de princípio seculares;
“ a última enfim é que tais sociedades e agremiações devem ser evitadas por homens prudentes e honestos".
Não é nosso objetivo, pelo menos hoje, discutir ou debater as seis razões apontadas acima, as quais serviram para os Papas Clemente XII em 1738 cominar a pena de excomunhão, e Bento XIV, em 1751, confirmá-la.
Não se iludam. Já se passaram 260 anos da condenação de Clemente XII, e a posição da Igreja de Roma não mudou nada com relação à maçonaria e aos católicos que são iniciados na ordem maçônica, como veremos adiante.
Além de considerar a maçonaria como uma seita, entre outras, conforme se constata na Constituição Apostólica Ecelesian, 13/9/1821, do Papa Pio VII, condenando especificamente a Carbonária, mas estabelecendo um laço de continuidade com os maçons do século XVIII condenados por - Clemente XII e Bento XIV. Ainda mais: O Papa Leão XII na Bula ."Quo Graiora", 13/5/1825, considerou a maçonaria como uma sociedade - que tem como finalidade "maquinar (ou seja, conspirar) contra a Igreja e os legítimos poderes do Estado", conforme se lê nos Estudos da CNBB n° 66, produzido pelo Padre Jesus Hortal.
Em 1917, quando foi promulgado o primeiro Código de Direito Canônico, manter-se a proibição dos católicos filiarem-se à Maçonaria. Lá estava bem clara a pena de excomunhão (cânon 2335). Passaram-se mais 57 anos, e, em 1974, a Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé (SCDF) enviou uma carta a algumas conferências Episcopais mantendo a pena do Cânon 2335 (excomunhão) para os que se inscreverem na ordem maçônica.
É muito importante a Declaração dos Bispos Alemães, publicadas em 12/5/1980, que conclui “pela inconciabilidade, pelos seguintes motivos, entre outros:

“ a maçonaria admite um conhecimento objetivo de Deus, no sentido pessoal do "teísmo". O ´Grande Arquiteto do Universo´ é ´algo´ neutro, indefinido e aberto a qualquer interpretação;
a maçonaria apresenta aos seus membros uma exigência de totalidade, que reclama uma pertença a ela na vida e na morte, o que parece não deixar espaço para a igreja".
Logo a seguir, uma declaração da SCDF, em 17/2/1981, confirmam e precisa:-

 “não foi modificada de algum modo a disciplina canônica, que permanece em todo o seu vigor";
"NÃO FOI PORTANTO AB-ROGADA A EXCOMUNHÃO NEM AS OUTRAS PENAS CANÔNICAS PREVISTAS".
A 26/11/1983 na véspera da entrada em vigor do novo Código de Direito Canônico, a Congregação para a Doutrina da Fé, agora sob a direção do Cardeal Ratzinger, reafirma:

"Permanece portanto imutável o parecer negativo da Igreja a respeito das associações maçônicas, pois seus princípios FORAM SEMPRE CONSIDERADOS INCONCILIÁVEIS COM A DOUTRINA DA IGREJA e por isso permanece proibida a inscrição nelas. Os fiéis que pertencem às associações maçônicas estão em estado de pecado grave e não podem aproximar-se da Sagrada Comunhão. O Sumo Pontífice João Paulo II, durante audiência concedida ao subscrito cardeal Prefeito, aprovou a presente declaração, e ordenou a sua publicação".
Parece-nos sem sombra de qualquer dúvida, ser impossível para o católico uma dupla fidelidade eclesial e maçônica.
A linha 5 da CNBB, desde alguns anos vem realizando com a presença de bispos e sacerdotes, bem como um grupo de maçons convidados - nós comparecemos em quatro reuniões - cujo assunto principal era saber se a doutrina católica, era ou é compatível com a doutrina maçônica. Após inúmeras discussões, que duraram anos, os maçons não conseguiram obter nenhuma declaração favorável à maçonaria. Sempre esbarraram nos cânones do Vaticano, em vigor até hoje. Na última reunião, realizada no dia 13/10/l997, o tema conciabilidade entre maçonaria e igreja católica foi abandonado, e agendado:- o simbolismo dos três primeiros graus, com interpretação católica e interpretação maçônica.
Por tudo o que já foi apresentado documentadamente, preferimos concordar com o Padre Jesus Hortal:-
"Maçonaria e Igreja Católica são simplesmente inconciliáveis, com uma inconciabilidade que não depende de conjunturas históricas, nem de ações particulares, mas que é intrínseca à própria natureza de ambas as instituições".
Autor: Renato Brenner Napoleão

fonte do artigo escrito: http://www.rainhamaria.com.br/ 





http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com/2012/01/macom-ou-catolico.html

O Bebê em Gestação Pode Curar Sua Mãe Pelo Resto de Sua Vida!!! Ou Medicina de Ponta Mostra que Células do Bebê Trazem Cura Para as Mães!!!

O Bebê em Gestação Pode Curar Sua Mãe Pelo Resto de Sua Vida!!! Ou Medicina de Ponta Mostra que Células do Bebê Trazem Cura Para as Mães!!!

     Caros Irmãos e Irmãs:-

   Mais uma prova de a gravidez só faz bem à mãe e conseqüentemente o aborto só faz mal à mulher!!!
   Um bebê vive uma existência inteira no coração e mente da mãe!!!


O bebê em gestação pode curar sua mãe pelo resto de sua vida

07:29  Pe. Mateus Maria  No Comments




Peter Baklinski

4 de Janeiro de 2012 (Notícias Pró-Família):— Um argumento pró-aborto típico se apóia na premissa de que o bebê dentro do útero de sua mãe ataca a integridade física dela. O bebê em desenvolvimento é visto nesse ponto de vista como um intruso, um parasita, uma ameaça à autonomia da mãe. De acordo com essa perspectiva, a mulher grávida é vista como estando sob ocupação. O único jeito de ela continuar a exercer seu interesse na integridade física, diz esse argumento, é ser libertada por meio da eliminação e expulsão do invasor.Mas a ciência pinta um quadro vastamente diferente sobre o relacionamento real entre um bebê no útero e sua mãe, mostrando que, longe de ser um parasita, o bebê em gestação pode curar sua mãe pelo resto da vida dela, pois as células benéficas do bebê passam para o corpo da mãe durante a gravidez.




Jena Pinctott, escritora científica, explora esse relacionamento em seu livro que foi lançado em outubro de 2011: “Do Chocolate Lovers Have Sweeter Babies?: The Surprising Science of Pregnancy” (As Amantes de Chocolate Têm Bebês Mais Doces? A Surpreendente Ciência da Gravidez).A ciência vem estudando o fenômeno do microquimerismo das células fetais por mais de 30 anos, depois que pesquisadores da Universidade de Stanford ficaram chocados em 1979 ao descobrir o sangue de uma mãe grávida contendo células com cromossomos sexuais Y. Considerando que as mulheres só têm cromossomos X, eles concluíram que as células só podiam ter entrado no corpo dela a partir do bebê do sexo masculino que ela estava carregando.
Valendo-se de estudos de biologia, genética reprodutiva e epigenética, Pinctott fez um esboço em seu livro do que a ciência aprendeu desde a descoberta de Stanford.“Durante a gravidez”, escreveu ela, “as células dão um jeito de atravessar a placenta em ambas as direções. As células do feto entram na sua mãe, e as células da mãe entram no feto”.Os cientistas descobriram, disse ela, que as células fetais de um bebê aparecem mais vezes nos seios saudáveis de uma mãe e menos vezes numa mulher que tem câncer no seio (43 versus 14 por cento).Pinctott indicou que à medida que a quantidade de células fetais no corpo de uma mãe aumentam, a atividade de doenças de autoimunidade tais como artrite reumatóide e esclerose múltipla diminuem. Ela chamou a evidência de “tentadora” de que as células do bebê em gestação podem oferecer para a mãe mais resistência contra certas doenças.
Certo tipo de células fetais que entra no corpo da mãe é as células-tronco do bebê. As células-tronco têm o que Pinctott chama de “propriedades mágicas” em que elas podem “se transformar” em outros tipos de células por meio de um processo chamado diferenciação. As células-tronco fetais do bebê podem realmente se tornar as próprias células da mãe que completam seu fígado, coração ou cérebro.No que qualquer especialista em ética poderia declarar como legítima “terapia de células-tronco embrionárias”, as células-tronco fetais do bebê migram para os lugares machucados da mãe e se oferecem como remédio de cura, se tornando parte do próprio corpo da mãe. Pinctott escreve que tais células foram encontradas em “tireóides e fígados enfermos e se transformaram em células de tireóide e fígado respectivamente”.
Pinctott chama a evidência de “impressionante” de que as células fetais de um bebê “reparam e rejuvenescem as mães”.
O especialista em genética Dr. Kirby Johnson, do Centro Médico Tufts de Boston, e a professora Carol Artlett, pesquisadora da Universidade Thomas Jefferson da Filadélfia, apóiam as idéias de Pinctott. A pesquisa deles mostra que quando uma mulher engravida, ela adquire um exército de células protetoras — o que se poderia chamar de um presente vindo de seu bebê — que permanece com ela durante décadas, talvez até o fim da vida dela.Johnson e Artlett conversaram com Robert Krulwich da Rádio Pública Nacional numa entrevista de 2006. Na pesquisa deles, Johnson descobriu que uma colher de chá de sangue de uma mãe grávida continha “dezenas, talvez até centenas de células… do bebê”. A ciência tem mostrado que no final da gravidez de uma mãe, até 6 por cento do DNA no plasma de sangue dela vem do bebê.“Achávamos que elas [as células fetais no corpo da mãe] seriam atacadas sem demora. Achávamos que seriam eliminadas em questão de horas, ou mesmo dias. O que descobrimos é que esse não é o caso, de forma alguma”, disse Johnson.  Johnson e Artlett defendem a hipótese de que as células fetais do bebê têm um propósito benéfico, de não prejudicar a mãe, mas protegê-la, defendê-la e curá-la pelo resto da vida dela, especialmente quando ela fica gravemente enferma.
“Há muita evidência agora começando a se tornar conhecida de que essas células podem realmente ser curadoras”, disse Artlett. Durante a entrevista, Johnson contou o caso de uma mulher que foi internada num hospital de Boston com sintomas de hepatite. Ela era usuária de drogas intravenosas com histórico de cinco gravidezes: um nascimento, dois abortos espontâneos e dois abortos provocados. Johnson especulou que ela estaria carregando muitas células fetais.No processo de examiná-la, a equipe médica realizou uma biópsia do fígado. Uma amostra do fígado dela foi enviada para um laboratório para ver se alguma célula fetal havia se ajuntado à área enferma do fígado dela. O que eles descobriram foi de surpreender. “Encontramos centenas… e centenas de células fetais”, disse Johnson, acrescentando que eles viram “literalmente coberturas de células, áreas inteiras que pareciam normais”.
Os cientistas estão ainda tentando apurar o que faz com que as células do bebê trabalhem no corpo da mãe dessa forma sinergética.Pinctott fica tentando imaginar quantas pessoas deixaram seu DNA no corpo das mães. “Qualquer bebê que tenhamos concebido”, conclui ela.  Pinctott vê algo “belo” nisso. “Muito tempo depois do parto, nós mães continuamos a levar nossos filhos, pelo menos em certo sentido. Nossos bebês se tornam parte de nós, exatamente como nós somos parte deles. As barreiras foram derrubas; os limites não são mais fixados”.
Talvez não seja nada poético dizer junto com Pinctott que um bebê vive uma existência inteira no coração e mente da mãe.

Sim!!! Um bebê vive uma existência inteira no coração e mente da mãe!!! (Esta conclusão é do autor deste blog)

Veja também este artigo original em inglês:- http://www.lifesitenews.com/news/unborn-child-just-a-parasite-cutting-edge-science-shows-fetal-cells-heal-mo

http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com/2012/01/o-bebe-em-gestacao-pode-curar-sua-mae.html

http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2012/01/medicina-de-ponta-mostra-que-celulas-do.html

Traduzido por Julio Severo: http://www.juliosevero.com/

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Papa Afirma que Casamento Homossexual É Ameaça à Humanidade!!! E É Mesmo!!!

Papa Afirma que Casamento Homossexual É Ameaça à Humanidade!!! E É Mesmo!!!


     Caros Irmãos e Irmãs:-


   A afirmação de Sua Santidade, o Papa Bento XVI de que o casamento homossexual é uma ameaça à humanidade é uma grande verdade, pois o objetivo do casamento entre um homem e uma mulher é a procriação e numa união homossexual não há procriação e sem procriação toda relação sexual seja homossexual ou mesmo heterossexual se torna um vício, isto é se torna uma droga, daí tantas separações!!! O objetivo do casamento homossexual é a destruição da Família como uma instituição e se a Instituição Familiar for destruída, isto gerará o caos na sociedade!!! Vejam a tremenda crise econômica que passa a Europa, local aonde a moral e a ética cristãs e a Instituição Familiar vem sendo massacrada!!! Se a Instutição Familiar for destruída aqui no Brasil, nós iremos passar pelos mesmos problemas dos europeus!!!

09/01/2012 - 19:37h

Papa afirma que casamento homossexual é "ameaça" à humanidade




Para o Papa, as crianças precisam de "ambientes" adequados para serem educadas.

Papa Bento XVI afirmou nesta segunda-feira que  casamento homossexual, além de ser uma das várias ameaças à família tradicional, coloca em xeque "o próprio futuro da humanidade".
O pontífice proferiu as fortes declarações contra a união homoafetiva durante um pronunciamento de Ano Novo a diplomatas de quase 180 países no Vaticano, que se reuniram para debater questões econômicas e sociais contemporâneas.
Para o papa, a educação das crianças precisa de "ambientes" adequados e "o lugar de honra cabe à família, baseada no casamento de um homem com uma mulher".
"Essa não é uma simples convenção social e sim a célula fundamental de cada sociedade. Consequentemente, políticas que afetam a família ameaçam a dignidade humana e o próprio futuro da humanidade", declarou.

Da Redação

http://www.pop.com.br/popnews/noticias/mundo/631758-Papa-afirma-que-casamento-homossexual-e-ameaca-a-humanidade.html

 

Papa Bento XVI Diz Ter Vergonha do Terrorismo Religioso!!!

Papa Bento XVI Diz Ter Vergonha do Terrorismo Religioso!!!


       Caros Irmãos e Irmãs:-

   Aqui, neste discurso, Sua Santidade, o Santo Padre Papa Bento XVI, faz um “Mea Culpa pela violência que a Igreja cometeu no passado!!! Contudo é a Igreja Católica que sofre violência nos dias de hoje, seja por parte dos fundamentalistas de outras denominações cristãs, seja por parte dos fundamentalistas de outras religiões não-cristãs, mas principlamente por parte dos fundamentalistas ateus, agnósticos, abortistas, defensores do relativismo moral, secularistas e defensores do chamado “Estado Laico”; que fazem de tudo para calar a Vóz da Igreja, mas jamais a calarão!!!

27/10/2011 - 12:47h

Papa Bento XVI diz ter vergonha do terrorismo religioso

O Papa condenou a violência não só dos católicos, mas também de outras religiões.



O Papa Bento XVI reuniu em Assis, na Itália, representantes de diversas religiões e ateus. Em culto ecumênico na Basílica de Santa Maria dos Anjos, ele condenou o terrorismo religioso e sua “crueldade implacável”, independentemente do credo.
“Sabemos que às vezes o terrorismo tem motivação religiosa e precisamente o caráter religioso dos ataques serve de justificativa para a crueldade implacável, que acredita poder relegar as regras do direito a favor do bem buscado", denunciou. “(Nesse caso) a religião não está a serviço da paz, mas sim da justificativa da violência.”
Bento XVI também admitiu atos de violência praticados especificamente por cristãos: “Como cristão lhes direi: sim, na história recorremos à violência em nome da fé cristã. Reconhecemos isso com vergonha, cheios de vergonha. Isto foi uma utilização abusiva da fé cristã, em oposição evidente à verdadeira natureza da religião”.

Da Redação


http://www.pop.com.br/popnews/noticias/mundo/604175-Papa-Bento-XVI-diz-ter-vergonha-do-terrorismo-religioso.html